Filmes injustiçados pela crítica

0

Muitos são os filmes injustiçados, aqueles que tendem a ser duramente criticados porque não são tão bons quanto deveriam ou prometeram ser. Mas, apesar disso, é necessário comentar que o fato de não serem amados pela crítica, não significa que são ruins ou que não valem a pena assistir.

Neste caso, você entenderá melhor o que é um filme bom, mas que não atraiu atenção dos avaliadores por ter um enredo mais fraco ou pouco chamativo e algumas problemáticas técnicas que, convenhamos, o público não liga muito.

Como se define um filme injustiçado?

Longas com histórias ruins, sem profundidade ou falta de personagens cativantes são características que definem os vencedores do Framboesa de Ouro conforme a crítica. Anualmente, é feito o apontamento dos que são bons e aqueles que foram considerados péssimos, embora certos títulos tenham sido escolhidos para esta premiação de forma muito injusta.

como se define um filme injustiçado
Fonte/Reprodução: original

Os filmes injustiçados não são caracterizados apenas por um roteiro terrível, mas a maneira com a qual foi dirigido do começo ao fim. A falta de uma trama envolvente gera cansaço na crítica, mas nem todos os amantes dos longas concordam com as opiniões e não deixam de assisti-los.

A Múmia (1999)

A crítica não recepcionou muito bem o filme e teve apenas 61% de aprovação no Rotten Tomatoes, um famoso agregador de notas da crítica especializada. No entanto, se você já assistiu a um dos maiores clássicos do final da década de 90, deve discordar do que é dito pelos famosos críticos de cinema, visto que o filme apresenta uma temática inovadora para a época.

Há desde terror, uma pitada de comédia, suspense e romance, tornando A Múmia um dos melhores filmes injustiçados para rever a qualquer momento. É um dos que mais são exibidos em canais como Cinemax ou Telecine Pipoca, mesmo após mais de 20 anos de lançamento.

Jumanji (1995)

Jumanji conta a história de duas crianças que jogam um jogo de tabuleiro que possui este nome. No entanto, acontecimentos estranhos tem início e ao menos que concluam o jogo, os desafios não desaparecerão.

Para quem assistiu muito quando criança, sabe que o filme é extremamente divertido e criativo, porém a classificação no Rotten é de apenas 51%. O filme traz comédia e um pouco de suspense pelo telespectador não saber o que ocorrerá com os protagonistas, oferecendo uma história fascinante, inspirada no livro “Jumanji”.

Space Jam (1996)

Este é uma mistura de live-action e cartoon que apresenta a turma do Pernalonga como parte de todo o longa, além de contar com a participação ilustre de Michael Jordan e Bill Murray. O filme, para muitas crianças, foi um marco de sua época por trazer o coelho falante e seus bons amigos para dentro de uma quadra de basquete, fugindo da premissa dos cenários habituais do desenho.

Acontece que, para a crítica, o filme não era tão bom assim ao público adulto. Então, a sua classificação no Rotten Tomatoes é de 43%, o que lhe torna um verdadeiro fiasco aos críticos e também como parte de um dos filmes injustiçados da década de 90.

A Casa de Cera (2005)

Tido como um horror fraco, a história de “A Casa de Cera” não chamou atenção da crítica, que não perdoou em dizer o quão era ruim. Isto também se deu pelo fato de a atriz e socialite Paris Hilton ter participado da produção.

Para muitas pessoas, este é um dos melhores filmes de terror dos anos 2000, justamente por ser assustador e ter cenas pesadas. Mas para a crítica não colou muito.

É surpreendente como a crítica enaltece determinados filmes e classifica outros títulos como decepcionantes. Para milhões de pessoas que os assistiram, é notório o quanto é possível gostar dessas histórias, tornando toda essa questão muito controversa e motivo de constantes discussões entre os cinéfilos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy